Pages

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Hortas orgânicas ocupam espaços




A pequena Letícia e seus coleguinhas se divertem com os regadores. As risadas “entregam” que o momento de cuidar das plantinhas é um dos que a turminha mais gosta.

As plantas são da horta do Centro Municipal de Educação Infantil (CMEI) Fernanda Jales, em Cidade Satélite, que os próprios alunos e professores cultivam. O projeto envolve todos na escola — até mesmo os mais pequenininhos do berçário — e tem provocado uma revolução nos hábitos alimentares das 216 crianças que lá estudam.

Com a ajuda dos professores, os alunos plantam, cultivam e colhem os alimentos da horta orgânica, que, há alguns meses, enriquece as quatro refeições diárias oferecidas pela escola. O cardápio das quartas-feiras, por exemplo, oferece uma lasanha de berinjela.

“Isso está mudando totalmente os hábitos alimentares das crianças. Elas traziam biscoito, mas já não trazem mais, e estão comendo salada. Na hora que a gente coloca o self service, pegam tudo: tomate, alface, berinjela, batata doce, macaxeira, pimentão...”, comemora a gestora do CMEI, Danielle Christine de Andrade Queiroz Cunha.

A educadora diz que a intenção é ampliar a horta — já relativamente grande — para tornar a escola autossustentável pelo menos no que diz respeito a verduras e leguminosos. “A gente quer que ela cresça muito mais, pois pretendemos deixar de comprar hortaliças, alguns legumes. Com isso, é possível ter uma economia no orçamento e usar o dinheiro para outras necessidades”.

 De acordo com Danielle Cunha, o projeto da horta foi criado com a finalidade de melhorar os hábitos alimentares das crianças, que ofereciam resistência para aceitar legumes, verduras e até frutas na hora das refeições.

“Tínhamos um espaço enorme na escola e precisávamos aproveitá-lo. Então, a gente começou o projeto da horta junto com os alunos e os professores. A ideia era trazer as crianças para construir a horta com a gente, para que elas começassem a perceber de onde vêm os alimentos e o bem que eles fazem, além do cuidado que a gente deve ter com o meio ambiente e o que esse meio ambiente traz de benefício pra gente”.

A repercussão, segundo ela, está sendo muito grande. “A partir da plantação, já vimos o interesse das crianças, que participam de todo o processo, do plantio à colheita. Elas não sujam a escola, ensinam os pais a terem esse cuidado com o meio onde vivem e já começaram a levar os hábitos alimentares daqui para casa, o que às vezes até cria certa dificuldade para alguns pais acompanharem”.

A escola tentou implantar o projeto em 2013, mas, por falta do mínimo conhecimento técnico, as tentativas acabaram não vingando. Neste ano, no entanto, a Secretaria Municipal de Educação (SME) fez uma parceria com a empresa Alimentar, que não só deu as orientações técnicas como  doou todo o material, enquanto a escola comprou aventais, chapéus e regadores para as crianças.

Além do CMEI Fernanda Jales, mais 12 escolas da rede municipal de ensino de Natal têm hortas, e outras 19 estão querendo ser integradas ao projeto, que para ser ampliado depende, segundo a SME, de  uma nova empresa parceira que possa dar o treinamento aos alunos e professores, uma vez que a Alimentar está em processo de fechamento.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

4 realizações da Prefeitura em prol dos professores.

Hoje é o dia de um dos profissionais mais importantes da nossa gestão: o professor. Parabenizamos a todos!

Abaixo alguma das ações da Prefeitura tomada, desde o início de 2013, em prol da valorização do professor.

- Regularização dos pagamentos
- Regularização das promoções verticais e horizontais
- Volta da Lei da Database
- Reajustes Salarial 88,9% até o final de 2015

Além disso, na educação, a Prefeitura retomou a construção de Centro Municipais de Educação Infantil em toda a cidade, além de investir na capacitação


segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Urbana monta estratégia para recolher lixo eleitoral deixado nas ruas de Natal

Via Portal NoAr

A Companhia de Serviços Urbanos de Natal (Urbana) deve iniciar nesta terça-feira (6) a coleta de “santinhos” e propaganda eleitoral espalhada pelas ruas e pontos de votação durante a eleição de primeiro turno, realizada nesse domingo (5).

Durante todo o dia era possível ver material eleitoral de candidatos espalhados pelas ruas, causando inclusive acidentes, uma vez que pessoas chegaram a cair após escorregar, tamanha a quantidade de papel jogado no chão.

De acordo com o diretor de operações da Urbana, Gláuber Nóbrega, a Companhia está coletando informações sobre os pontos com maior concentração de material para elaborar uma estratégia de coleta a ser executada a partir desta terça-feira.

Segundo ele, para cada local, serão encaminhados dois garis, que ficarão responsáveis por fazer a limpeza da área. “Estamos fazendo essa checagem para facilitar a ação dos garis e assim poder elaborar uma logística de trabalho”, disse.

Além disso, o Ministério Público Federal, através da Procuradoria Eleitoral Auxiliar, ajuizou uma representação eleitoral contra mais de 30 candidatos que descumpriram a legislação eleitoral ao realizar a prática conhecida como “voo da madrugada”, que consiste no derramamento de “santinhos” na noite do sábado para o domingo das eleições.

Com base em fotos retiradas pela equipe do Ministério Público Federal, a representação destaca que a prática aconteceu, em especial, nas vias e logradouros públicos, principalmente nas proximidades dos locais de votação (seções eleitorais), afetando não só a igualdade do pleito, como também a higiene e a estética urbana.

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Secretaria de Turismo de Natal participa com estande na 42º ABAV em São Paulo

A Prefeitura do Natal, por meio da secretaria municipal de Turismo (Setur), estará presente no  42° Congresso da ABAV (Associação de Brasileira de Agentes de Viagens), em São Paulo no período  de 23 a 28 do corrente no Centro de Convenções do Anhembi. A Setur participa com um estande em consórcio com o Natal Convention, Emproturn e prefeituras de São Gonçalo do Amarante, Extremoz e Parnamirim. A cerimônia de abertura será no dia 23, no Teatro Renault às 19h.

Segundo o secretário de Turismo de Natal Fernando Bezerril, a ABAV é o maior evento turístico do País, onde se reúnem operadores e investidores nacionais e internacionais. A Setur estará distribuindo material promocional de Natal, e na oportunidade, o secretário vai se reunir com o presidente do grupo Infinity (rede de hotéis  conhecida como BRA), Walter Foletatti que constrói um hotel na Via Costeira e tem suas obras paralisadas.

A ABAV vai reunir além de operadores nacionais, empresários da América Latina e Caribe, Europa, Estados Unidos, Ásia, África e Oceania contando ainda com espaços diferenciados para os expositores e visitantes. Já são 3500 marcas expositoras de mais de 65 países e a expectativa é que passem cerca de 40 mil pessoas entre participantes e expositores da feira. A programação contará com o lançamento do livro “60 anos de ABAV”, palestras e oportunidades de negócios focando na venda de pacotes turísticos para alavancar a indústria de turismo.

Secretaria de Saúde de Natal divulga aprovados em processo seletivo


A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) divulgou nesta segunda-feira (22) o resultado do processo seletivo para contratação de profissionais que irão atuar na rede de atenção à saúde de Natal. O resultado está disponível no Diário Oficial do Município.

Veja o resultado aqui

Foram selecionados profissionais para o cargo de clínico geral, urgencista, pediatra, psiquiatra e ginecologista; nutricionista, técnico em laboratório, auxiliar de farmácia, maqueiro, copeiro, cozinheiro, auxiliar de manutenção, técnico em informática, auxiliar de consultório dentário, recepcionista e arquivista. A seleção foi feita por meio de análise curricular.

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Secretaria de Cultura de Natal vai abrir Chamada Pública para contratação de músicos para o Natal em Natal



A Fundação Capitania das Artes (Funcarte) e a Secretaria de Cultura de Natal (Secult) vai abrir chamada pública para os músicos locais tocarem nas festividades de fim de ano do Natal em Natal.

Essa é mais uma forma de democratizar os espaços nos eventos públicos de Natal. As informações sobre a chamada pública para os músicos locais serão divulgadas nos próximos dias, com datas, horários e valor dos cachês. 

O modelo vai ser semelhante a do Carnaval Multicultural 2013 e segue a linha da atual gestão de abertura de editais, com a discussão com a classe artística.

Só neste ano áreas como literatura, artes visuais, escultura, audiovisual e teatro tiveram editais abertos.

A Funcarte mantém um blog onde, constantemente, divulga essas ações.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

SME investe R$ 1,2 milhão em lousas digitais na rede de ensino


A Secretaria Municipal de Educação (SME) anunciou o valor total dos investimentos feitos na modernização da rede pública de Ensino Fundamental.A Prefeitura, por meio da SME, gastou R$ 1.243.210,00 com a aquisição e instalação de lousas digitais interativas a serem instaladas nas escolas da capital, além do pagamento de 600 horas/aula em treinamentos oferecidos aos servidores da pasta para manusear o novo equipamento.Contudo, o sistema, que será implantado apenas em parte das salas só deverá entrar em plena operação no ano que vem. 

As lousas digitais configurarão uma ferramenta a mais que poderá ser utilizada para dinamizar o ensino na rede municipal, mas não substituirão o velho trinômio composto por giz, apagador e quadro negro. O valor de investimento apresentado inicialmente – R$ 927.110,00 – não contemplava a instalação dos equipamentos, tampouco o treinamento dos professores e coordenadores pedagógicos lotados nas instituições de ensino que serão modernizadas.

 Ainda que a pasta tenha anunciado o início desse “novo momento da educação municipal” já para esse mês, a SME ainda aguarda liberação da Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Finanças (Sempla) para aquisição de computadores portáteis que operam as lousas digitais, integrando o hardware necessário à instauração do novo sistema. Atualmente, apenas 19 das 72 escolas do município já possuem esses computadores e estão aptas a receber os equipamentos. 

 “Estimo que essas 19 escolas já recebam lousas esse mês, enquanto aguardamos o crivo da Sempla para aquisição dos equipamentos restantes. Vou solicitar à empresa responsável que os treinamentos sejam dados concomitantemente à entrega do material para ganharmos tempo. Até o fim do ano, tudo deverá estar regularizado”, declarou a secretária municipal de Educação, Justina Iva.

  Quanto aos prazos definitivos para instalação das lousas, a secretária não soube precisar quando a empresa contratada iniciará o trabalho, mas revelou que receberá um representante da companhia na próxima semana para acertar alguns detalhes, entre eles o tempo necessário para o começo do trabalho.As lousas digitais utilizarão sistema operacional Linux e deverão funcionar como suporte pedagógico aos alunos do Ensino Fundamental na rede pública. O intuito primordial da secretária era que o equipamento pudesse ser implantado em todas as salas de aula, mas, segundo ela, esse ainda é um sonho distante devido à falta de recursos financeiros. 

  Para o ano que vem, por exemplo, a gestora sinalizou que os recursos deverão ser integralmente voltados para a infraestrutura das escolas da capital, somando o percentual da receita municipal destinado à educação com aportes do governo federal. Serão 22 escolas construídas, além de outras 30 que receberão reformas e adequações de acessibilidade. Essas medidas irão possibilitar a substituição de prédios alugados e inadequados utilizados como escolas pela Prefeitura. 

 “Já está projetado, 2015 será o ano da infraestrutura. Ainda estamos pagando um preço alto pelo não cumprimento dos percentuais mínimos (25%) de investimentos em educação na administração passada, de acordo com a Constituição. Natal assumiu o compromisso de ampliar o investimento para 30%, através de lei municipal, mas não conseguia cumprir por conta do buraco que encontramos no orçamento. Esse ano foi o primeiro em que atingimos a meta”, comemorou a titular da SME.

Arte na paisagem

Até o início do mês de dezembro, natalenses e turistas terão sete motivos a mais para visitar o Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte em Candelária. Anunciado na manhã de ontem, o resultado final da primeira versão do edital “Museu Aberto de Esculturas” irá permitir que visitantes passem a contemplar não apenas a natureza como também a arte na forma de esculturas de grande porte. As sete esculturas selecionadas, com dimensões que variam de 1,5 metro a 3,5 metros de altura, serão instaladas de forma definitiva ao longo dos trajetos para passeio e caminhada que cortam o parque.

Cada artista receberá um prêmio aquisição de R$ 10 mil (brutos) para construir sua obra, que no caso serão de pedra sabão, concreto, marmorito e/ou cerâmica esmaltada. Os nomes selecionados pela curadoria foram Adriana Lopes, Edilson ‘Galêgo’ de Figueiredo, Emanoel Câmara Júnior, Guaraci Gabriel Campos, José Jordão Arimatéia e Paulo César ‘Rhasec’ Gonçalves. A comissão julgadora utilizou quatro critérios (listados no edital) para avaliar as propostas: solução artística, relação da obra com o entorno, tema e solução técnica.

“Avaliamos o tema, por exemplo, considerando o contexto do Parque da Cidade. Ou seja, se um artista faz um lagarto terá mais chances que outro que apresentou um prédio ou um foguete”, pontuou Flávio Freitas, artista plástico e diretor do Departamento de Artes Integradas da Fundação Capitania das Artes, setor responsável pelo edital. Outra questão importante analisada pela comissão foi o tipo de material utilizado, pois a durabilidade da obra é fundamental para um Museu Aberto sujeito a chuva, sol, vento e areia.

A proposta da Funcarte é que a cada ano a Prefeitura reedite o edital para aquisição de novas esculturas. “Acredito que essa iniciativa complemente a ideia de que o Parque da Cidade, além de reserva florestal, também pode ser um espaço para se apreciar arte”, avalia o diretor do Núcleo de Artes Integradas da Capitania.

Ele explica que, quem foi contemplado este ano está automaticamente impedido de participar em 2015 – mas liberado para apresentar novas propostas de dois em dois anos. Em 2014 treze artistas se inscreveram no edital, e como cada um podia apresentar até três obras, pouco mais de 20 trabalhos foram avaliados para se chegar a lista final com sete esculturas.

“Vale observar que além de viável, e com potencial de se integrar a paisagem, as obras precisam ser resistentes”, destacou Flávio Freitas, que dividiu a tarefa de escolher as obras contempladas com Ana Antunes, escultora experiente já premiada no Salão de Artes Visuais de Natal; e Regina Guedes, formada em Artes no exterior foi professora do Departamento de Artes da UFRN.

O artista-gestor confessa que “particularmente” não gosta da ideia de competição, de concurso, “afinal não existe trabalho artístico melhor que o outro”, mas o sistema de avaliação é um processo necessário até para se fortalecer as políticas públicas voltadas ao segmento. “O que fizemos foi um esforço para a seleção ser a menos injusta possível. É sempre uma experiência angustiante pra mim”, admite.

Espaço limite

A princípio os artistas selecionados iriam produzir no próprio Parque da Cidade, mas os custos para dar suporte local inviabilizaram a proposta – que poderá ser retomada na próxima versão do edital. “Seria interessante os artistas produzirem por lá, até para gerar interesse nas pessoas, mas o que pudemos garantir desta vez foi o transporte das obras, que requer toda uma logística devido as dimensões e peso dos trabalhos”, disse Flávio.

Ele frisa que há um limite físico no Parque, “não é infinito, mas temos bastante espaço (130 hectares). Nada impede de, no futuro, relocarmos ou mesmo transferirmos obras de lugar”, avisa.

Para Dácio Galvão, presidente da Funcarte e Secretário Municipal de Cultura, “a iniciativa reforça ações nas áreas de artes visuais e museologia, inclusive por estar em consonância com uma tendência transversal de estreitar a arte dos museus com o meio ambiente. Um exemplo típico é o Jardim Botânico, no Rio de Janeiro, que passou a ser um museu a céu aberto”, citou o gestor.

“Com o Museu Aberto ganhamos nos aspectos artísticos e ambientais, reforçando as políticas públicas para o segmento”, finaliza Dácio.

O edital também prevê a produção de catálogo impresso e digital com as obras selecionadas, incluindo mapa de localização e apresentação dos artistas e também instalar a sinalização de identificação das obras no Parque da Cidade, com recurso no valor de R$ 5 mil.

(*)Colaborou Cinthia Lopes, editora

Artistas selecionados

1. Artista plástica e ceramista, Adriana Vieira Lopes
graduou-se em Educação Artística pela Universidade Federal de Juiz de Fora/MG. Em Natal concluiu o curso de Design de Interiores na UnP, onde atualmente é aluna da pós-Graduação em Arquitetura de Interiores. Possui obras em museus de Minas Gerais, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Aprovou o trabalho “Objetos Ocultos I” (2,4 metros
de comprimento por 1,5 m de altura), feito de cerâmica esmaltada, inspirado em insetos e outros seres pequenos que habitam a área do Parque da Cidade.

2.Guaraci Gabriel é conhecido do grande público por suas esculturas gigantes feitas de metal e material reciclado. Boa parte de sua produção está concentrada na cidade de Mossoró. Já realizou exposições na Europa e participou da Bienal de Cuba; Bienal do Fim do Mundo (Ushuaia/Argentina); e da Bienal do Mercosul, em Porto Alegre. No início deste mês esteve na 31ª São Paulo com a performance “O Artista que Não Existe”, onde mostrou virtualmente a escultura de uma formiga de 12 metros e 5 toneladas que construiu às margens da BR 104 em Queimadas (PB). Para o Parque da Cidade aprovou versão um pouco menor de sua formiga.

3.Paulo César Gonçalves (Rhasec) nasceu em Campina Grande/PB e é graduado em Educação Artística pela UFRN, onde também fez especialização em Artes Plásticas. Cria trabalhos em pedra sabão, concreto e cerâmica em seu ateliê instalado no cemitério Morada da Paz. Sua obra, “Irmão Sol e Irmã Lua”, feita em pedra sabão possui altura total de 2,5 metros, sendo que as figuras (dos irmãos) possuem 1,2 metro de altura.

4. José Jordão de Arimatéia (Jordão). Escultor e pintor, Jordão assina vários paineis e esculturas de grande porte, em concreto, espalhadas pela cidade como o finado Anjo Azul e o muro da Câmara Municipal de Natal. Suas obras também podem ser vistas no estacionamento do Hotel Buriti no Alecrim e no Centro de Convenções. Para o Parque da Cidade o artista irá criar um “São Francisco” de concreto com 3,5 metros de altura.

5.Emanoel Câmara Júnior é autodidata e discípulo direto de Manxa e Jordão. Apresentou o trabalho “Totem”, com 2,80 metros de altura em pedra calcária, reunindo em uma só peça índio, gavião, serpente, boto, leão e coruja. A obra está em fase de acabamento.

6.Edilson de Figueiredo (Galêgo) trabalha com escultura em bronze, granito, mármore e concreto. Autor da escultura “A Deusa da Justiça” no Palácio da Justiça na Cidade Alta, e da “Fonte dos Jabutis” no Via Direta, Galêgo apresentou a escultura “Vendedora de Mangas”, em marmorito, com 2 metros de altura. Detalhe: as mangas serão substituídas por cajus.

7.Raimundo João de Araújo (Mundoca) é artesão autodidata, faz parte da equipe que construiu a escultura de Iemanjá, na Praia do Meio, e o painel na fachada do Edifício Rio Mar (este assinado por Jordão). Sua escultura “A Preguiça”, de concreto, possui 3 metros de altura.

quinta-feira, 4 de setembro de 2014

Semob aguarda R$ 129 milhões para novas obras de mobilidade em Natal


A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) aguarda que até o final deste ano sejam repassados os recursos no valor de R$ 129 milhões para a execução de várias obras que irão modificar a estrutura de algumas das principais avenidas de Natal. A estimativa, segundo o secretário adjunto de Trânsito da Semob, Walter Pedro, é que essas obras comecem em abril de 2015.

Conforme Walter Pedro, essas obras atingirão principalmente as avenidas Salgado Filho, Hermes da Fonseca, Bernardo Vieira, Prudente de Morais, Coronel Estevam, Rio Branco e Mário Negócio. Essas alterações visam melhorar o fluxo de veículos e transformar essas vias em corredores.

As principais alterações, segundo o adjunto da Semob, serão a criação de corredores exclusivos e semi-exclusivos para o transporte público da cidade; a construção de passeios públicos concretados ao longo dessas avenidas; a instalação de pontos de ônibus com cobertura nessas vias; a reformulação da sinalização; e a sincronização dos semáforos.

“Dividimos essas obras em corredores. Por exemplo, o da Av. Mario Negócio vai se iniciar desde a Av. Juqueira Aires, na Ribeira, até chegar ao viaduto da Urbana, nas Quintas. Outro corredor é o da Av. Coronel Estevão, que se inicia na Av. Rio Grande do Norte, em Cidade da Esperança e vai até o final da Av. Rio Branco, na Ribeira. Assim também será com as avenidas Salgado Filho e Hermes da Fonseca”, detalha o secretário.

Além disso, a Av. Bernardo Vieira deverá ser reestruturada, ampliando o corredor de ônibus até a Av. Xavier da Silveira, em Morro Branco, bem como será alterada a sinalização da via.

Ainda conforme Walter Pedro, serão construídos túneis entre os cruzamentos das avenidas Bernardo Vieira com Prudente de Morais e Salgado Filho com Alexandrino de Alencar. Também devem ser erguidos viadutos nos cruzamentos com a linha férrea da Av. Bernardo Vieira e da Av. Engenheiro João Hélio Alves Rocha, este no bairro Planalto.

O adjunto da Semob ressalta que o prazo para execução dessas obras é de dois anos e que elas serão executadas em etapas. “A população vai sentir de novo alguns incômodos no trânsito, mas todos nós temos de entender que essas alterações trarão melhorias no fluxo, a exemplo das que foram feitas no entorno da Arena das Dunas”, comenta Walter Pedro.

Ainda segundo o secretário, basta a assinatura do financiamento junto à Caixa Econômica Federal, que deve acontecer até o final deste ano.

quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Projeto "Mulheres: Mãos que Constroem" será lançado nesta quinta-feira

Proporcionar uma opção de qualificação profissional e dar uma nova perspectiva de trabalho e geração de renda para as mulheres. Este é o objetivo do projeto “Mulheres: Mãos que Constroem”, que será lançado pela Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres (Semul), na próxima quinta-feira, dia 4 de setembro, às 9h30, no Salão Nobre da Prefeitura Municipal do Natal.

Com um investimento de cerca de R$ 518 mil, o programa irá capacitar 720 mulheres em funções antes exercidas apenas por homens, como pintora, encanadora, eletricista e pedreira, além de promover a inserção das novas profissionais no mercado de trabalho da construção civil. Além disso, o “Mulheres: Mãos que Constroem”, vai apresentar um diagnóstico da situação da mulher no mercado de trabalho na capital.

“Com a nova qualificação, estas mulheres devem se tornar profissionais em um mercado de trabalho novo para elas. Elas vão aprender um novo ofício e com isso, elas ganham mais uma opção de empregabilidade”, afirma a secretária de Políticas para as Mulheres, Aparecida França.

Durante a solenidade de lançamento, a Prefeitura do Natal, por meio da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres, vai assinar um contrato com a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas (FCDL), entidade responsável pela capacitação, e com a AJE Consultoria e Assessoria Empresarial, empresa que vai realizar a pesquisa de mercado.

terça-feira, 2 de setembro de 2014

Nova secretaria dará mais autonomia à Cultura


“Trabalhar com orçamento aumenta, e muito, a capacidade de planejamento”, sintetizou o prefeito Carlos Eduardo ao comentar a criação da almejada Secretaria Municipal de Cultura. A oficialização do novo órgão saiu na edição deste sábado (30) do Diário Oficial, e pelo organograma apresentado a Secult/Natal irá incorporar a Fundação Capitania das Artes em sua estrutura. O orçamento da nova pasta para 2015 ainda não foi definido, deverá ser anunciado nos próximos dias, mas a expectativa é que os recursos destinados fiquem próximos – ou mesmo alcancem – o 1% previsto pelo Sistema Nacional de Cultura para o setor em âmbito municipal. 

A criação da Secult/Natal era um dos itens listados na reforma administrativa aprovada por unanimidade pela Câmara de Vereadores, e só foi possível graças ao enxugamento da máquina como a extinção de cargos comissionados e redução no número de secretarias. “A nova Secretaria surge com uma estrutura enxuta, mas abre caminhos para se construir políticas públicas com maior eficiência”, aposta o prefeito.

De concreto mesmo, por enquanto, acúmulo de função para Dácio Galvão, presidente da Funcarte, que passará a responder também como secretário de Cultura; foi formatada a Sala Natal, setor com status de diretoria, coordenado pelo jornalista Franklin Jorge, que ficará responsável pela condução das intervenções no campo das artes visuais no Parque da Cidade (vide edital Museu Aberto de Esculturas); e nomeação de 12 cargos comissionados – como o quadro da Funcarte caiu de 42 para 36 funcionários, na prática foram criados seis novos cargos.

A tendência é que, com o tempo, diminua o número de servidores da Funcarte e sejam abertos concursos públicos para preencher vagas na Secult/Natal.

“Dentro de uma reforma administrativa pensada para enxugar a máquina municipal, a criação de uma Secretaria de Cultura é uma conquista que deve ser comemorada”, avalia Josenilton Tavares, que deixa a chefia do Núcleo de Audiovisual e Novas Mídias nas mãos de Bruna Hetzel para assumir o cargo de Diretor do Centro de Artes e dos Espaços Unificados (CEUs).

Para o gestor, o ganho inicial é a própria condição de Secretaria, onde temas culturais passam a ser tratados com maior peso e mais importância. Vale ressaltar que a Fundação Capitania das Artes, que até então só ‘andava’ com aportes e verbas complementares, deixa de ser subordinada ao gabinete do prefeito e passa a ser um braço da Secult/Natal. “A Secretaria se atém no pensar e planejar estratégias e políticas públicas, enquanto a Fundação irá gerenciar e executar as ações planejadas”, resume Tavares. “Algumas pessoas podem até se assustar com mais uma instância, mas a Secult/Natal surge como mecanismo adequado para lidar com a complexidade cultural”.

A criação da Secretaria Municipal de Cultura em Natal vai de encontro à resolução do Sistema Nacional de Cultura, conjunto de planos e ações determinadas por lei federal, que elenca requisitos básicos para uma cidade aderir plenamente ao Sistema e assim facilitar, por exemplo, o recebimento de recursos oriundos do Ministério da Cultura.

Escolas de Natal passam a usar lousas digitais a partir de 2015, diz secretária

Via Portal NoAr

Com investimentos de mais de R$ 900 mil, a Prefeitura de Natal confirmou a instalação de lousas digitais em escolas de ensino fundamental da rede municipal de ensino para o ano letivo de 2015. Ao todo serão instaladas 220 lousas, que serão distribuídas de acordo com o tamanho e a estrutura das escolas.

No entanto, de acordo com a secretária municipal de Educação, Justina Iva, alunos e professores só poderão utilizar o equipamento após capacitação dos professores. Segundo ela a empresa que fará a instalação já foi contratada, mas a aquisição de alguns equipamentos complementares, como computadores e retroprojetores ainda estão em fase de licitação.

A titular da pasta de educação explicou que nem todas as salas de aulas serão contempladas com as lousas digitais. “A ideia é criar um espaço informatizado dentro da escola, uma espécie de sala temática para onde os alunos serão deslocados, e assim poderem ter aulas especiais”, disse.

Para Justina Iva, os benefícios serão inúmeros, pois com os novos equipamentos, os professores serão desafiados a elaborarem aulas cada vez mais dinâmicas, proporcionando aos alunos novas experiências e um ensino de maior qualidade.

“As crianças, hoje em dia, já nascem familiarizadas com a tecnologia e ter a oportunidade de um espaço como esse na escola será imensamente favorável ao aprendizado, pois ali elas terão acesso a informações, imagens e vídeos sobre diversos assuntos. Uma aula de matemática, por exemplo, poderá ser mais dinâmica do que o habitual”, explicou.

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Secretaria de Saúde de Natal abre inscrições para 374 vagas temporárias

Via G1/RN

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal inicia nesta segunda-feira (1) - e encerra na quarta (3) - as inscrições para o processo seletivo no qual estão sendo ofertadas 374 vagas temporárias para a Rede de Atenção à Saúde da cidade. As oportunidades são para os níveis fundamental, médio e superior. Os salários vão de R$ 966,67 a R$ 9.174,03. As inscrições podem ser feitas pelo site da Prefeitura de Natal (clique AQUI).

Após o preenchimento do formulário, os candidatos devem levar o documento no Centro de Ciências da Saúde da UFRN, localizado na Avenida General Gustavo de Farias, s/nº, de 4 a 10 de setembro, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h. A seleção será feita por meio de análise curricular.
No edital no site do Diário Oficial do Município - a partir da página 17 - é possível conferir as especialidades e quantidade de vagas para cada função (clique AQUI).

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Prefeito de Natal sanciona lei que cria Secretaria de Cultura



O prefeito Carlos Eduardo sancionou nesta sexta-feira (28) a reforma administrativa da Prefeitura do Natal.

Um dos itens da reforma é a criação da Secretaria de Cultura de Natal (Secult).  Ela vai funcionar junto com a Fundação Capitania das Artes (Funcarte) para o fomento das manifestações artísticas da nossa cidade.

Pleito antigo de produtores culturais e artistas, a Secult terá estrutura própria, orçamento, e a capacidade de pleitear verbas federais e estaduais para o incentivo à arte e cultura em Natal.

O presidente da Funcarte, Dácio Galvão, vai acumular a função e será o primeiro secretário de cultura de Natal.

A criação da secretaria foi um compromisso assumido pelo prefeito Carlos Eduardo com a classe cultural.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Natal tem 862 mil habitantes e é a 15ª maior capital do Brasil



A cidade do Natal é a 15ª capital mais populosa do Brasil, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (28) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A capital do Rio Grande do Norte tem hoje 862 mil habitantes.

Veja a pesquisa completa

Entre 2013 e 2014, a população da cidade cresceu em 0,95% e foi a 16ª capital que mais cresceu em todo o país.

A pesquisa também mediu a população das regiões metropolitanas. A de Natal é formada por 10 municípios e é a 16ª maior do país com uma população de 1,4 milhão de habitantes.


Natal terá mais corredores de ônibus

Via Tribuna do Norte

O modelo de corredor exclusivo de ônibus implantado na avenida Bernardo Vieira, em 2007, será copiado para outras avenidas de Natal. A prefeitura aguarda a conclusão dos projetos executivos para 9,7 quilômetros de corredor semi-exclusivo do transporte público na capital potiguar – projeto orçado em R$ 125 milhões do PAC Grandes Cidades (PAC 2) e tenta a aprovação junto ao governo federal de recursos para projetos executivos relativos a outros 10,5 km de corredor exclusivo de ônibus. Ainda sem prazo para implantação desse sistema, a parte dos estudos, que está mais adiantada, deve terminar até o fim do ano.

O secretário adjunto de Trânsito da Semob, Walter Pedro da Silva, explica que estão sendo elaborados os projetos para corredores semi-exclusivos de ônibus nas avenidas Coronel Estevam (av. 9) e Hermes da Fonseca/Salgado Filho. Na primeira, o corredor acompanhará toda a extensão da avenida, somando 6 km alternados entre faixas exclusivas e semi-exclusivas. Já na Hermes, o trecho entre a avenida Bernardo Vieira e a rua General Cordeiro de Farias, em Petrópolis, somará outros 3,7 km de corredor semi-exclusivo.

A previsão de conclusão dos projetos é até dezembro deste ano. Ele estima em dois anos o prazo de execução das obras. Quando forem concluídos, os projetos seguem para fase de contratação seguida de execução. Em relação aos corredores exclusivos serão implantados na Salgado Filho, aproximadamente 1 km entre a Bernardo Vieira e a Amintas Barros; 7,3 km na Prudente de Morais, da avenida da Integração à General Cordeiro de Farias; e cerca de 2 km na avenida Presidente Bandeira (av. 2), da av. 9 à Bernardo Vieira.

Mas, Walter Pedro conta que ainda aguarda autorização do governo federal para iniciar os projetos executivos dos corredores exclusivos. Essas obras junto à implantação de 1054 novos abrigos de transporte público, além de uso de concreto nas faixas de ônibus, estão orçados em R$ 1,3 bilhões, oriundos do PAC 3. “Mas ainda é necessário dar mais consistência aos projetos para definir o valor”, adianta Walter Pedro.

Personagens
“Quando estou trabalhando é bom porque tem as faixas exclusivas, mas para motoristas de carro particular é ruim porque os sinais não são sincronizados"
Alex Fabiano,
Motorista de ônibus

“A faixa exclusiva facilita para os ônibus e dá mais agilidade ao trânsito”
Romão Ferreira Lima,
Motorista de ônibus

“O trânsito aqui é péssimo, mal organizado. Mas, o pior é o espaço: muito apertado para a quantidade de carro que passa aqui”
George Soares,
Taxista

“Para quem está nos ônibus é bom, porque anda rápido, mas é ruim para os pedestres. Tem pouca faixa e não tem respeito pela faixa. Também poderia melhorar um pouco as calçadas e a segurança, porque tem muito assalto”,
Luciene Gonzaga,
Estudante

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Espaço de convivência será construído no local da cratera em Mãe Luíza

Via Novo Jornal

A Prefeitura de Natal prevê para março de 2015 a conclusão da reestruturação da cratera de Mãe Luiza. O cumprimento deste prazo depende, entretanto, que os trâmites burocráticos sejam superados até o início de agosto, quando as obras devem ser iniciadas.   

Ao final da intervenção, estimada em R$ 8,3 milhões, a atual fenda formada após o deslizamento da Rua Guanabara terá sido substituída por um espaço de convivência, arborizado e com acessibilidade, unindo o bairro à orla.  

 A Ladeira da Guanabara, como foi batizado o projeto do Instituto Brasileiro de Arquitetura (IBA/RN), cedido ao Município, ocupará o terreno de 2.340 m², hoje coberto por lonas, e se integrará às obras de contenção de erosão, recomposição, pavimentação e de drenagem da área.

 Luciano Barros, um dos arquitetos responsáveis pelo projeto, explicou que a ladeira foi pensada mais como um conceito do que como um projeto em si. Contudo, o modelo foi adotado pela Prefeitura, que já o remeteu ao Ministério das Cidades - onde já foi aprovado  - e à Caixa Econômica Federal junto com as demais obras. “Foi idealizado um acesso largo, sem barreiras arquitetônicas”, resumiu.   

Há uma questão pendente, porém. A maior parte deste terreno que será reestruturado - decretada ‘non edificand’ após o desastre – é de propriedade privada e terá ainda que ser desapropriada. Este processo, no entanto, não deve gerar mais atrasos para a execução do projeto, segundo o secretário Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura, Tomaz Neto. 

  “Nós temos um parecer de geólogos do Ministério de Minas e Energias e de outros profissionais de que aquela área é ‘non  edificand’.A área se transformou na passagem da drenagem de toda aquela região.Se tivesse prédios ali, hoje eles estariam no mar”, afirmou, destacando que toda a documentação para a desapropriação do terreno, divido em três lotes,  já foi encaminhada à Procuradoria Geral do Município. 

  Além disso, o secretário destaca que é possível licitar e começar a revitalização da região, mesmo que a desapropriação não tenha sido concluída. “A contenção da encosta é independente daquele terreno.A drenagem da parte superior toda também é independente. O novo sistema de esgotos também não depende, assim como a pavimentação da Guanabara.

  Podemos ir tocando várias coisas e a ficar para depois a rampa com a escadaria”, assinalou.Ele pondera, no entanto, que é possível que as desapropriações sejam questionadas judicialmente pelos proprietários dos terrenos, mas confia que, por se tratar de um equipamento público, numa área em que já não seria possível construir prédios, o caso seja julgado a favor do Município.  

Fora esta questão, para que o prazo de conclusão da obra seja cumprido, a Prefeitura tem menos de um mês para vencer os trâmites do convênio com o Ministério das Cidades e com a Caixa Econômica a fim de realizar a licitação. 

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Semob anuncia construção de duas estações de transferência de passageiros

Via Portal NoAr

A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) informou que em outubro serão inauguradas duas estações de Transferência de passageiros que deverão trazer benefícios principalmente para os moradores da Zona Norte.

As estações, que aproveitarão as estruturas das paradas de ônibus localizadas no Centro Administrativo e Carrefour, serão construídas com recursos do Ministério das Cidades.

A secretária Elequicina Santos afirma que elas irão beneficiar os passageiros que ainda utilizam dinheiro para o pagamento da tarifa. “Além disso, as estações oferecerão conforto ao usuário com ar condicionado, sistema wi-fi para internet e poltronas confortáveis”, acrescenta.

A secretária confirmou ainda a ampliação da faixa exclusiva de ônibus na Avenida Bernardo Vieira até a Avenida Xavier da Silveira, sentido Zona Norte, além do lançamento de um edital público para a construção de 1052 novas abrigos de passageiros em Natal.

“Estamos somente aguardando o aval da Caixa Econômica Federal para lançar o edital para  licitação de construção dos novos abrigos”, confirmou Elequicina.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Comperve divulga edital de concurso para Prefeitura do Natal

Via G1/RN

O Núcleo Permanente de Concursos (Comperve) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) divulgou o edital do concurso público para os cargos de agente comunitário de saúde e de agente de combate às endemias, visando preencher as vagas existentes no quadro permanente da Secretaria de Saúde da Prefeitura do Natal. São oferecidas 596 vagas para os dois cargos e o salário é de R$ 1.027,21.

Veja o edital

De acordo com o edital, a seleção compreende duas etapas. A primeira será a realização de provas de conhecimentos básicos e específicos, e a segunda consistirá o teste de capacitação física.

As inscrições devem ser feitas por meio do envio eletrônico do formulário de inscrição disponível no site da Comperve. O candidato deve enviar uma foto recente, tamanho 3×4, em arquivo digital formato “JPEG”. Após o registro, deve ainda imprimir a guia de recolhimento da união (GRU) para efetuar o pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 50.

O local de realização das provas será divulgado no site da Comperve, a partir do dia 16 de setembro, e a prova será aplicada no dia 21 de setembro, às 9h. A duração máxima é de três horas, com exceção feita ao candidato portador de necessidades educacionais especiais que terá uma hora a mais.

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Guarda Municipal vai ampliar raio de atuação em Natal

Via Tribuna do Norte

A Guarda Municipal deve ampliar a área de cobertura de monitoramento em Natal. Dois locais já estão previstos de ter postos de segurança. A Praça Gentil Ferreira, no Alecrim e a Praça Augusto Severo, na Ribeira. A decisão foi tomada após a nova regulamentação da profissão, concedendo aos guardas municipais o poder de polícia.

No dia 12 de agosto foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) a lei 13.022/2014, em que autoriza ao órgão de segurança municipal o porte de arma de fogo, e ações de segurança em favor da vida. No caso, além da segurança do patrimônio público – única atribuição, até então – os guardas podem fazer ações preventivas, patrulhamento, abordagens e prisões.

“O que muda é a segurança jurídica dos operadores de segurança. Estas ações os guardas já realizavam, mas ficava aberto para questionamentos da população. Com a regulamentação, a tendência é ampliar o serviço”, define o comandante da Guarda, Major  Gilderlan Alves. O porte de arma já era possível por uma lei estadual.

Ocorrências de menor potencial ofensivo, ou de dano ao patrimônio público municipal deverá ser direcionado, prioritariamente, para a Guarda Municipal. A Guarda pode ser acionada pelo 190, via Ciosp, que de acordo com o relato da ocorrência, decide o direcionamento. Com a decisão recente, a GM faz um levantamento do efetivo, e realiza mudanças na escala para otimizar o serviço a fim de atender as demandas.

“Existe hoje o Gabinete de Gestões Estratégicas que está traçando um planejamento para colaborarmos com a segurança do Estado”, diz o secretário municipal de segurança pública e defesa social, Paulo César Ferreira. Não está previsto novos cursos de capacitação aos guardas, por causa da nova regulamentação. Segundo o secretário e o comandante, o treinamento recebido pelo pessoal para entrada no grupamento já responde a necessidade. “Na iniciação do guarda ele é obrigado a fazer um curso de 480 horas, e anualmente um de 80 horas. Nestes cursos ele vai recebendo a capacitação para lidar com as demandas”, diz.

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Viaduto da BR 101 elimina ponto de engarrafamentos e acidentes e garante mais fluidez ao trânsito



A última estrutura entregue do Complexo Viário Dom Eugênio de Araújo Sales, o viaduto da BR-101, vai trazer benefícios para os motoristas que trafegam naquela região.

O equipamento é a saída da BR 101 com destino à sua marginal no sentido centro/bairros. A passagem sobre o viaduto se dá logo após o percurso por baixo do Viaduto do Quarto Centenário. 

Ao lado do viaduto, por sua vez, trafegam os veículos provenientes da Avenida Romualdo Galvão com destino a BR 101.

A obra elimina pontos de engarrafamento que se formavam na entrada da marginal da BR e dá mais fluidez para quem segue na via no sentido bairro.

De acordo com as explicações do secretário adjunto de obras da Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi), Caio Múcio, os veículos provenientes da Avenida Salgado Filho com destino ao Campus Universitário, ao Centro Administrativo e Candelária, dentre outros bairros, passam sobre o viaduto e já descem na Marginal da BR 101. 

Também os ônibus que já faziam o percurso pela marginal agora utilizam o viaduto, acabando com o cruzamento em nível que existia. 

“Esse cruzamento causava problemas de engarrafamentos e retenção de veículos, além de ser uma das causas de acidentes no local. A construção do viaduto eliminou esses gargalo”, revela Caio Múcio.

Novo mercado das Rocas deve ser inaugurado em outubro

Foto: Adriano Abreu/TN



A Secretaria Municipal de de Serviços Urbanos mantém para outubro a inauguração do novo mercado público das Rocas. As obras estão no oitavo mês, dentro do prazo de conclusão de dez meses e estão com 58% finalizadas, segundo a engenheira responsável Kelly Cristina de Oliveira, da empreiteira Arko Construções Ltda, que vem tocando a obra desde 13 de dezembro do ano passado.

O secretário Raniere Barbosa disse que está fazendo reuniões quinzenais com a construtora e o prefeito Carlos Eduardo Alves: “Na semana passada, a construtora colocou que poderia ter um atraso, se não tivesse havido um deslocamento da feira que havia, toda segunda-feira, ao lado do  mercado”.

Raniere Barbosa disse que a partir da próxima semana, será feita uma adequação  da feira livre nas áreas adjacentes à praça Irmã Vitória, justamente para que o guindaste possa, pelo lado externo do mercado, fazer  a cobertura do mercado. “Já comunicamos aos feirantes, que até se conclua, volta à normalidade, porque naquela área externa vamos fazer a primeira feira 100% urbanizada, com instalação de tendas removíveis”, disse ele.

Segundo Barbosa, o novo prédio sofreu adequações, pois à medida que as obras foram retomadas, houve a necessidade de remoção de pilares e vigas, com substituição de outros pela deterioração enquanto o projeto ficou paralisado, além de que a tecnologia usada antigamente, não correspondia mais às exigências do atual Código de Obras do município.

“Nós vamos colocar o mercado das Rocas dentro do roteiro turístico da cidade, a fim de potencializar a principal atividade econômica de Natal, além de trabalhar a parte hortigranjeira, praça de alimentação, colocar asg, segurança armada, câmaras de segurança”, adiantou Barbosa.

Barbosa  informou que o novo prédio contará com 82 boxes, um elevador, duas escadas, quatro entradas, quatro banheiros, dois vestiários e fraldário, todos adaptados para portadores de deficiência, além de espaços para caixas eletrônicos de bancos e balcões de informações turísticas.

A engenheira Kelly de Oliveira explicou que a principal mudança no projeto original, concebido ainda na primeira administração do prefeito Carlos Eduardo Alves, mas que sofreu paralisação na gestão seguinte, foi a substituição de algumas vigas de concreto, por vigas e estruturas de ferro que vão dar sustentação a uma cobertura diferenciada, com o uso de umas telhas termoacústica, que não deixam passar calor e barulho de som.

Segundo ela, a cobertura arqueada em policarboneto vai permitir, ainda, a passagem de luz natural, a fim de permitir a redução do uso de energia elétrica, compreendendo uma área de 12 metros de largura por 45 metros de fundo.

Para ela, em setembro toda a cobertura deve estar pronto, restando 15% da obra para ser concluida em outubro, referente a reboco e pinturas de paredes, colocação de cerâmica e outros tipos de acabamento.

A obra está orçada em R$ 3.669.908,82, sendo R$ 989.625 mil, oriundos do Orçamento Geral da União, através do Ministério do Turismo, e R$ 2.680.283,82 de contrapartida da Prefeitura.

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Museu da Cultura Popular realiza semana da Cultura Popular

A Prefeitura de Natal através da Fundação Cultural Capitania das Artes realizará a Semana da Cultura Popular que acontecerá nos dais 20, 21 e 22 de agosto, dentro das comemorações do aniversário de seis anos do Museu de Cultura Popular Djalma Maranhão, inaugurado no dia 22 de agosto de 2008.

A programação será composta por violeiros, aboiador, declamador (poeta popular), boi de reis, pastoril, lapinha, joão redondo, feira de artesanato e outras atrações da cultura popular, tendo como objetivo de levar ao público mais uma opção de cultura, lazer e entretenimento a comunidade local aberta a visitantes de outras regiões.

A Semana propõe ainda, um grande encontro das artes envolvendo a cultura popular, criando oportunidades para o artista de expor e comercializar seus trabalhos sem a intervenção de atravessadores - uma nova alternativa de geração de renda para artistas e artesãos do RN.

 Música e viola, teatro de bonecos – joão redondo, dança de roda e o boi de reis, artesanato e suas peculiaridades estarão integrados de forma a contemplar as diferentes categorias da cultura genuinamente popular, garantindo a participação maciça da comunidade local, do público cativo do segmento e de admirados da arte. O local da apresentação é um sitio histórico de relevante valor para a história da cidade do Natal, o Bairro da Ribeira,onde estão o Teatro Alberto Maranhão, o Museu de Cultura Popular, sede do IPHAN, antiga Escola Doméstica dentre outros bens do patrimônio arquitetônico da cidade do Natal. Na oportunidade serão convidadas as escolas públicas municipais, estaduais, Instituições culturais, brincantes, quadrilheiros, carnavalescos e representantes de segmento religiosos.

 
Programação da Semana de Cultura Popular


Horário Fixo: 15h às 22h
Abertura com artesanato do Município, intervenção artística e danças folclóricas,  boi de reis; teatro de bonecos – joão redondo, quadrilhas juninas e barracas de comida típicas, exposição figurino das quadrilhas campeãs dos festejos  Juninos), declamador, aboiador e violeiros.

OFICINAS PARA ELABORAÇÃO DE PROJETOS: procedimento para inscrições nos editais e cadastramento no CEMEC/Funcarte.

20 de Agosto 2014
15h – Abertura
- Vila Cultura - Artesanato local
16h – Apresentação de João Redondo
19h - Apresentação do Boi de Reis do Bom Pastor
20h – Apresentação da Quadrilha Junina Beijoqueiros

 21 de Agosto 2014
15h - Vila Cultura - Artesanato local
16h – Auditório do Museu de Cultura Popular – Palestra: Gestão em Projetos & Politicas Públicas com o Consultor Josenilton Tavares (Certificado)
18h – Lançamento do Livro de Pedro Bandeira da Cantoria – Autor Aquino Neto
19h - Apresentação de Lapinha de Ponta Negra
20h – Maracatu – candomblé de Parnamirim
21h - Apresentação da Quadrilha Tradicional Campeã do XXVIII Festival de Quadrilhas Juninas de Natal: BRILHO MATUTO
 
22 de Agosto 2014
15h - Vila Cultura - Artesanato local
18h – Lançamento do Livro ‘’Cantigas de Estradar’’ – Autor Paulo Varela
19h – Encontro de Violeiros

Aboiador: Amâncio Sobrinho
Declamador: Bob Mota & Xexeu

Duplas:
Ivanildo Vila Nova x Raulino Silva
Antônio Lisboa x Edmilson Ferreira
Severino Dionísio x Edvaldo Zuzu
Pedro Bandeira x Zé Morais
Helânio Moreira x Felipe Pereira

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Pesquisa do Ministério do Turismo revela o que visitantes acharam da Copa em Natal

Americanos, japoneses, mexicanos e uruguaios marcaram forte presença na capital potiguar durante a Copa do Mundo. Gastronomia e hospitalidade apareceram como destaque entre os itens.

Pesquisa do Ministério do Turismo revela que 91,7% dos visitantes de fora têm intenção de retornar ao país e 98,1% aprovaram a hospitalidade potiguar.

Para 75,9% dos entrevistados, a experiência turística na cidade atendeu plenamente ou superou a expectativa. A Arena das Dunas foi aprovada por 96,9% do público externo. O levantamento levou em consideração a opinião de 914 estrangeiros que estiveram no município.

Os americanos (26,6%), mexicanos (17,8%) e uruguaios (11,1%) foram as nacionalidades que mais marcaram presença durante o mundial em Natal. Juntos eles representaram 55,5% do público estrangeiro na capital potiguar.

O levantamento revela que o turista internacional que esteve no Rio Grande do Norte é jovem, tem alto poder aquisitivo e elevado grau de instrução.

Eles têm renda individual de US$ 5.441 e 84,6% deles têm, pelo menos, o ensino superior e média de 35,8 anos. Aqueles que visitaram sozinhos ou com amigos (64,2%) e usaram a internet como fonte de informação (72,4%) representam a maioria.

A hospitalidade do povo foi aprovada por 98,1% dos estrangeiros, a gastronomia por 94,3% e os alojamentos por 91,5%. Entre os itens de infraestrutura, destaque para a segurança pública (96,6%), a limpeza da cidade (84,6%) e os táxis (88,1%). Praticamente nove em cada dez estrangeiros (89,7%) consideraram os preços do transporte público adequados.

O turista doméstico que esteve em Natal durante a Copa do Mundo foi formado, principalmente, por paraibanos (26,9%), paulistas (17,9%) e pernambucanos (10,5%).

Assim como na percepção dos estrangeiros, a hospedagem e a hospitalidade aparecem como destaque positivo, com 93,2% e 94,8% de avaliação positiva respectivamente. A segurança foi aprovada por 85,3% e as opções de turismo e lazer, por 96,4%.

A maioria (66%) dos brasileiros organizou a viagem por conta própria e aproveitou a oportunidade para fazer outras atividades turísticas (57,9%). Os grupos familiares (31,6%) e os casais sem filho (20,5%) representaram o grupo predominante.

Assim como os estrangeiros, o viajante brasileiro durante a Copa do Mundo tem elevado grau de escolaridade (75,8% têm, pelo menos, o nível superior completo) e alto poder aquisitivo (35,8% têm renda familiar superior a R$ 7,2 mil). Nove em cada dez turistas domésticos consideraram a Arena das Dunas boa ou muito boa (89,5%).

segunda-feira, 11 de agosto de 2014

Ações alusivas à semana do aleitamento materno​ da SMS Natal teve grande aceitação​

Cerca de 45 profissionais da Secretaria Municipal de Saúde de Natal estiveram envolvidos nas atividades de encerramento da Semana Mundial do Aleitamento Materno promovida durante pelo Departamento de Atenção Básica. As ações do último sábado 9, aconteceram no Complexo Cultural da Zona Norte.

As mães que compareceram ao local puderam realizar uma multivacinação podendo regularizar a situação dos cartões de vacina dos bebês, além de poderem realizar o teste do pezinho, o teste da orelhinha, teste do olhinho e de receberem orientações sobre aleitamento materno e realização de teste rápido para identificar sífilis e HIV.

Segundo a coordenadora da Saúde da Criança e do Adolescente, Fabíola Andréa Leite, as mães com crianças que foram ao Complexo receberam também vitamina B e puderam fazer o cálculo do índice de massa corpórea (IMC).

O Setor de Vigilância Epidemiológica, o NAI, junto com o Distrito    Sanitário Norte II e a Unidade de Saúde Potengi disponibilizam equipe de vacinadores como, enfermeiros e técnicos de enfermagem, insumos e imunobiológicos para atendimento a clientela que participou do evento.
“Disponibilizamos todas as vacinas do calendário de vacinação da criança ao idoso de forma a atender toda a clientela que estiveram no encerramento da Semana do Aleitamento Materno”, a chefe do NAI, Solange Cruz.

A Semana Mundial de Aleitamento Materno faz parte de uma história mundial focada na Sobrevivência, Proteção e Desenvolvimento da Criança. Com o objetivo de seguir os compromissos assumidos pelos países com a assinatura do documento, foi fundada em 1991 a Aliança Mundial de Ação pró-Amamentação – WABA. Essa Organização criou no ano de 1992 a Semana Mundial de Aleitamento Materno, para promover as metas da “Declaração de Innocenti”.

A Semana Mundial é considerada como veículo para promoção da amamentação. Ocorre em 120 Países e, oficialmente, é celebrada de 1 a 7 de agosto. A WABA define, a cada ano, o tema a ser trabalhado na Semana, lançando materiais que são traduzidos em 14 idiomas. Entretanto, a data e o tema podem ser adaptados em cada País a fim de que seja obtido mais e melhores resultados do evento. No Brasil, o Ministério da Saúde coordena a Semana Mundial de Aleitamento Materno desde 1999.

terça-feira, 5 de agosto de 2014

6 dicas valiosas do Procon Natal para você fazer uma boa compra nesse Dia dos Pais



O dia dos pais é neste domingo (10) e as lojas já estão cheias de promoção. Para orientar o consumidor para fazer uma boa compra, o Procon Natal listou seis dicas valiosas para você fazer uma boa compra nessa data comemorativa. 

Lembrando que o órgão vai fiscalizar as lojas e para qualquer denúncia, você pode fazer nos telefones: 3232-9050 / 3232-9051.

Confira as dicas.

1 - Fique atento aos preços

Na hora de presentear é preciso ficar atento para não haver complicações durante a compra ou em uma possível troca. O consumidor deverá pesquisar preços, descontos e formas de pagamentos. Além disso, deverá questionar sobre juros e eventuais encargos.

2 - Você tem de 30 a 90 dias para reclamar de defeitos
 
Qualquer que seja a escolha do presente, ela está amparada pelo Código de Defesa do Consumidor, que dá um prazo de 30 dias para reclamação de vícios aparentes e de fácil constatação para produtos não duráveis (bebidas e produtos de higiene e perfumaria, por exemplo) e de 90 dias para produtos duráveis (vestuário, CDs, eletrônicos, telefones celulares, etc).

3 - Não esqueça da Nota Fiscal

Exija sempre a nota fiscal, pois ela é o comprovante da compra realizada. Além disso, a nota fiscal possibilita ao consumidor usufruir os seus direitos, caso o produto apresente algum problema.

4 - Você tem o direito de trocar o produto
Se o consumidor comprar um produto e tiver interesse em trocá-lo, deverá questionar a loja se há possibilidade da troca e o prazo constar na nota fiscal. Lembrando que a troca é uma benesse da loja, ou seja, o comerciante não é obrigado a trocar um produto que não apresente problema. Então, para que o consumidor tenha assegurada a troca de uma mercadoria, o ideal é que o produto possua uma etiqueta de troca.

5 - Você tem 7 dias para reclamar e pedir o dinheiro em compras pela Internet

Se o consumidor optar pela compra via Internet, terá o direito de se arrepender da compra e, nesse caso, poderá pedir o seu cancelamento, bem como a devolução dos valores eventualmente pagos, devidamente corrigido monetariamente. Esta reclamação deverá ser feita no prazo de 7 dias.

 6 - Fique atento com a qualidade do eletrodoméstico ou eletrônico que comprar

Quando o consumidor comprar eletrodomésticos ou eletrônicos, deve sempre pedir para testar o produto no próprio estabelecimento comercial, também não adquirir o produto com embalagem violada; deverá ser aberta na frente do consumidor. Dessa forma, não correrá o risco de comprar um produto com defeito e ter de esperar 30 dias pelo conserto.


segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Prefeitura garante entrega de Residencial Maruim para novembro

Via Portal NoAr

Tem início oficialmente hoje (4) as obras do Condomínio Residencial Maruim, a partir da ordem de serviço expedida pela Prefeitura de Natal para que a construtora Certa Engenharia erga os apartamentos que abrigarão as 160 famílias que residem há décadas na Comunidade do Maruim cujo terreno dará espaço ao Porto de Natal.

A construção do condomínio está sendo executada através do Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal e custará R$ 12,2 milhões. Serão construídos 200 apartamentos distribuídos em 25 blocos de quatro andares para beneficiar 165 famílias que moram as margens do Rio Potengi.

O titular da Secretaria Municipal de Habitação, Regularização Fundiária e Projetos Estruturantes (Seharpe), Homero Grec, afirmou que  que  todas as licenças para obra estão regularizadas. “ Está tudo seguindo o trâmite necessário para que a obra seja  iniciada agora e finalizada em

“Fizemos o chamamento em novembro, entregamos à Caixa em dezembro. A partir daí, é um relacionamento entre a Caixa e a construtora, para a entrega de documentos” acrescentou o secretário.

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Identidades Estudantis de Natal perdem a validade nesta quinta, dia 31


 Via G1/RN

A Identidade Estudantil Eletrônica de 2013 só é válida até esta quinta-feira (31). É o que informa a Prefeitura de Natal. Para não gerar transtornos, o selo de 2014 está sendo entregue em mais de 100 pontos espalhados pelas quatro regiões da cidade (veja os locais abaixo).

Segundo dados do NatalCard, já foram entregues 58.578 selos de 2014 entre os dias 1º e 28 de julho, sendo 38.994 secundaristas e 19.584 universitários. No entanto, é esperado que cerca de 120 mil estudantes renovem a carteira de estudante.

Como apenas metade do público esperado colocou o selo de 2014, os estudantes poderão continuar colocando o novo selo mesmo após o dia 31 de julho nos mais de 100 pontos distribuídos pela cidade durante todo o mês de agosto.

Clodoaldo Trindade Cabral, secretário adjunto de Transportes da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob), lembra que “a distribuição da Identidade Estudantil é gratuita na primeira via, e que esta não anula as identidades estudantis emitidas pelas demais entidades”.
O selo garante a meia-entrada aos estudantes em teatros, cinema e eventos culturais.
Pontos de Entrega

No total, há 102 pontos de entrega espalhados por todas as regiões da cidade, bem como nos bairros de Nova Parnamirim, em Parnamirim, e Plaza Gargem, em São Gonçalo do Amarante, visto que as linhas de ônibus destes bairros usam o NatalCard.
Nos postos do NatalCard, o estudante pode colocar o selo 2014 sem a necessidade de realizar uma recarga. São eles:

1. Central do Estudante, Esplanada Silva Jardim, 27, Ribeira;
2. Largo do Teatro, Praça Augusto Severo, 23, Box 07, Quiosque do Museu de Cultura Popular (Rodoviária Velha), Ribeira;
3. Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Av. Sen. Salgado Filho, 3000, Centro de Convivência Djalma Maranhão, Campus Universitário;
4. Fundação Augusto Severo, Av. Dr. João Medeiros Filho, 64, Igapó;
5. Terminal de Integração do Soledade.
Já nos pontos de recarga espalhados pelos bairros da capital, o estudante colocará o selo 2014 quando for realizar a recarga. São eles:

1. Lanche Express, Av. Deodoro da Fonseca, 634, Petrópolis;
2. Web Print 02, Av. Senador Salgado Filho, 1656, Lagoa Nova;
3. Banca Atheneu, Av. Campo Sales, 393, Petrópolis;
4. MSM Serviços, Av. Dr. João Medeiros Filho, 23, Potengi;
5. Poty Livros 01, Av. Senador Salgado Filho, Candelária;
6. O Revisão, Av. Capitão-Mor Gouveia, s/n, Cidade da Esperança;
7. Drogaria Chegança Nova Natal, Av. Chegança, 3060, Lagoa Azul;
8. Livraria Nobel, Av. Hermes da Fonseca, Tirol;
9. Drogaria Chegança Pajuçara, Rua Dr. Álvaro Ozório de Almeida, 296, Pajuçara;
10. Loteria Ponto do Milhão, Rua Maristela Alves, 23, Felipe Camarão;
11. Web Print, Av. Prudente de Morais, s/n, Lagoa Nova;
12. Farmácia Nobre 02, Rua Monte Rei, 105, Planalto;
13. Pasteleco, Rua Leonel Leite (Av. 10), 1377, Alecrim;
14. Freedom Connect, Av. Ayrton Senna, 321559, Neópolis;
15. Drogaria Chegança Parque dos Coqueiros, Av. Expedicionários, 496, Nossa Senhora da Apresentação;
16. Drogaria Menor Preço, Rua Professor Antônio Trigueiros, 400, Felipe Camarão;
17. Farmácia Nobre 16, Rua Monte Rei, 1095A, Planalto;
18. Farmácia Monteiro, Av. Abel Cabral, 03, Nova Parnamirim/Parnamirim;
19. Farmácia Nobre 05, Av. Boa Sorte, 22, Nossa Senhora da Apresentação;
20. Droganorte – Drogaria Norte, Av. Santarém, 1692, Nossa Senhora da Apresentação;
21. Farmácia Nobre 08, Av. Santa Cristina, 794, Felipe Camarão;
22. Faro Fino Rações, Rua Baia São José, 1456A, Potengi;
23. Copiadora Padre João Maria, Av. Paraíba, 91A, Cidade da Esperança;
24. Farmácia Nobre 07, Av. Doutor João Medeiros Filho, 257A, Redinha;
25. Farmácia Nobre 13, Rua Afonso Magalhães, 179, Ponta Negra;
26. On Line Soluções em TI, Av. Engenheiro Roberto Freire, Ponta Negra;
27. Revistaria Olhos de Luz, Rua da Saudade, lj. B5, Lagoa Nova
28. Farmácia do Povo , Rua do Fandango, 3224, Lagoa Azul
29. Delicias Animais, Av. Doutor João Medeiros Filho, 3479, Potengi;
30. Drogaria Aliança 03, Rua Laranjal, 328, Cidade Nova;
31. Farmácia Mar do Norte, Av. Mar do Norte, 129, Pajuçara;
32. Drogaria Farmavida 03, Av. Pedro Álvares Cabral, Nossa Senhora da Apresentação;
33. Serigráfica, Rua Moita Bonita, 2008, Igapó;
34. Drogaria Popular Zona Norte, Av. Boa Sorte, 975, Nossa Senhora da Apresentação;
35. Farmácia Nobre 17, Rua Cruz Alta, 02, Cidade da Esperança;
36. Farmácia Nobre 15 - Farmácia do Povo Brasileiro 01, Rua Djalma Maranhão, 465, Nova Descoberta;
37. Panificadora Mirassol, Av. Santos Dumont, 422, Capim Macio;
38. Farmácia Nobre 03, Rua Adeodato José dos Reis, s/n, Nova Parnamirim/Parnamirim;
39. Drogaria Farmavida, Rua Ilhota, 2370, Potengi;
40. Loja do Estudante, Av. Prudente de Morais, s/n, Barro Vermelho;
41. Farmácia Nobre 01, Rua do Jequitiba, 2150, Pitimbú;
42. Star Banca , Av. Doutor João Medeiros Filho, s/n, Potengi;
43. Pimenta Rosa, Rua Maranguape, 1065, Planalto;
44. Panificadora Vale Dourado, Rua Ponte Nova, 107, Nossa Senhora da Apresentação;
45. Cantina Center, Rua Mar do Oeste, 12B, Pajuçara;
46. Supermercado Vale do Pitimbu, Rua Pintor Rodolfo de Amoedo, 135, Pitimbú;
47. JCD Internet, Av. das Alagoas, 63, Neópolis;
48. Drogaria Farmavida 02, Rua Santa Maria, 23A, Igapó;
49. Sonhos de Amor Mensagens, Av. Coronel Estevam, 2018, Dix-Sept Rosado;
50. Connect Lan House & Serviços, Av. Itapetinga, 1421B, Potengi;
51. S e S Informática, Rua Rio Guaju, 7694B, Pitimbú;
52. Drogaria Cidade do Sol 02, Rua Professor Manoel Vilar, 02, Capim Macio;
53. Farmácia do Povo Brasileiro 02, Av. Gov. Antônio de Melo e Souza (Av. Pompéia), 2119, Pajuçara;
54. Comercial Menezes, Av. Moema Tinoco da Cunha Lima (Estrada de Genipabú), Pajuçara;
55. Drogaria Vitória, Av. Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, Pajuçara;
56. Beto Mercado, Rua São João de Deus, 10A, Rocas;
57. Drogaria Aliança 02, Av. Maria Lacerda Montenegro, 2475, Nova Parnamirim/Parnamirim;
58. Farmanorte, Rua Itaperuna, 2109B, Potengi;
59. Drogaria Itapetinga, Rua José Fades, 300, Potengi;
60. Digiconnect, Rua Manoel Caetano, 814A, Redinha;
61. Banca Mãe e Filho, Alameda das Mansões, 01, Candelária;
62. Farmanossa, Av. Miguel Castro, 1079, Nossa Senhora de Nazaré
63. Lan Web, Rua João XXIII, 294, Mãe Luíza;
64. Estação Farma, Rua Paracati, 23, Planalto;
65. Mercadinho Cristina, Rua São Paulo, 158, Mãe Luíza;
66. Panificadora Unidos, Av. Maranguape, 4183, Nossa Senhora da Apresentação;
67. Eco Office Natal, Av. Prudente de Moraes, 850, Tirol;
68. Drogaria Nelo 02, Rua Taboril, 2000, Planalto;
69. Papel & Cor, Av. Pico do Cabugi, 1156, Potengi
70. Pratika Papelaria, Rua Baia das Canárias, 2229, Ponta Negra;
71. Pão Gostoso, Rua Vivaldo Cavalcante, 649, Nossa Senhora da Apresentação;
72. Drogaria Nelo 01, Av. Solange Nunes do Nascimento, 308, Cidade Nova;
73. Mercadinho Compre Bem, Rua Crisopolis, 28, Pajuçara;
74. Banca do Nelson, Rua Itororós, Potengi;
75. Drogaria Cidade do Sol 01, Av. Interventor Mário câmara, 2118, Dix-Sept Rosado;
76. Atacadão dos Medicamentos, Rua Marinalva, Lagoa Azul;
77. Farmácia do Bairro, Av. Santarém, Nossa Senhora da Apresentação;
78. Drogaria Aliança 04, Rua Monte Rey, 736, Planalto;
79. Focus Loteria, Av. Almirante Alexandrino de Alencar, Barro Vermelho;
80. Loteria & Conveniência Opção, Av. Antônio Basílio, 2185, Lagoa Nova;
81. Farmácia Bem Estar, Rua Lorena, 47, Potengi;
82. Banca São Paulo, Av. Nascimento de Castro, 3023, Nova Descoberta;
83. Mercadinho do Neto, Rua Nossa senhora de Fátima, 08, Ponta Negra;
84. Drogaria Pinheiro, Av. Firmino Moura, 285, Lot. Plaza Gardem/São Gonçalo do Amarante;
85. Associação Shalom, Av. Hermes da Fonseca, s/n, Petrópolis;
86. Artbolsas Papelaria, Rua Coronel Norton Chaves, 399, Lagoa Nova;
87. Fisk, Av. Gastão Mariz de Farias, 2150, Nova Parnamirim/Parnamirim.

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Orçamento Participativo já está beneficiando a população

A participação da população no debate sobre o orçamento do município já está gerando frutos para a cidade. O Orçamento Participativo chegou à fase mais importante: aquela em que as demandas reivindicadas pelos moradores estão saindo do papel e beneficiando o cidadão. A Semsur (secretaria municipal de Serviços Urbanos) enviou ofício à secretaria municipal de Planejamento apresentando a situação das deliberações populares no OP.

Por lei, 1% da arrecadação tributária do município – mais de R$ 5 milhões – é destinado ao OP. Isso significa, na prática, que a população, através de debates nas próprias comunidades, é quem define onde essa verba será aplicada. No entanto, o Orçamento Participativo vai além dos recursos. O mais importante é a conscientização política do cidadão. Quando a população se apresenta e decide o que quer para a cidade onde mora, assume o papel principal e acaba reduzindo a possibilidade de corrupção.

Em 2013, durante as reuniões do Orçamento Participativo, as Zonas Oeste e Sul solicitaram serviços da Semsur. Confira ponto por ponto o que a Semsur já começou a fazer para melhorar a vida das pessoas em Natal:


Zona Oeste

Bairro: Quintas

Demanda: A população reivindicou uma academia da terceira idade na praça ao lado da quadra de esportes, na rua Cuemaçu; bem como a transformação da lavanderia em espaço comunitário e pavimentação da rua Assis Brasil e Nova Ribeira.

Situação: Em levantamento urbanístico / reforma do orçamento da praça


Zona Sul

Bairro: Capim Macio

Demanda: Capinação e jardinagem na praça localizada em frente à Escola Estadual Des. Floriano Cavalcante

Situação: Finalizando / Cronograma mensal



Bairro: Capim Macio

Demanda: Limpeza e conservação na área verde em frente ao CMEI Vilma Dutra

Situação: Programado para a 2ª quinzena de julho



Bairro: Capim Macio

Demanda: Capinação de toda a área externa que margeia o FLOCA

Situação: Efetivado



Bairro: Capim Macio

Demanda: Limpeza da praça Manoel Teixeira de Carvalho (na maioria das vezes, a limpeza é paga pelos moradores das ruas adjacentes)

Situação: Finalizando / Cronograma mensal



Bairro: Capim Macio

Demanda: Limpeza na praça localizada em frente ao Carrefour, às margens da BR-101.

Situação: Efetivado.



Bairro: Ponta Negra

Demanda: Recuperação da praça do Cruzeiro

Situação: Em levantamento urbanístico / orçamento reforma da praça



Bairro: todos

Demanda: Construção de Centro de Velório na Vila de Ponta Negra / Reforma de 7 praças da Zona Sul / Reforma de cemitérios

Situação: Processo finalizado / encaminhado para a comissão de licitação da Semopi TP – Proc. Nº 032123/2014-25

terça-feira, 22 de julho de 2014

Programação da EcoPraça



Tem programa para o domingo? Não? Marque esse na agenda. A EcoPraça, na Praça dos Eucaliptos, terá mais uma edição com piquinique, prática de esportes, teatro e cinema.


PROGRAMAÇÃO COM HORÁRIOS:

09:00 Abertura+ Piquenique+Tenda da saúde
10:00 Abertura da feira de adoção de gatos e da feira de troca
10:30 Slackline
10:30 Oficina de Compostagem
11:30 Roda de conversa sobre resíduos
12:00 Abertura da praça de alimentação e feira de troca.
14:00 Discotecagem Eco Praça
15:00 Teatro de Mamulengo - Heraldo Lins
16:30 Baile Skarimbó
18:30 Cine Eco Praça - A História das Coisas

Projeto prevê a reforma de 70 casas e reconstrução de 30

Via Tribuna do Norte

Secretários municipais e o prefeito Carlos Eduardo Alves se reúnem amanhã, 23, com representantes de três ministérios em Brasília para apresentar projetos e gastos voltados ao deslizamento em Mãe Luíza. De acordo com a Secretaria Municipal de Habitação, Regularização Fundiária e Projetos Estruturantes (Seharpe), 30 casas serão reconstruídas e cerca de 70 passarão por reparos devido a danos diversos causados pelo deslizamento de junho passado. Na tarde de ontem a secretaria finalizava o número de imóveis contemplados e projeções de gastos para apresentar aos ministérios do Planejamento, Integração Nacional e das Cidades. A estimativa varia entre R$ 2,5 e R$ 3 milhões para reformas e reconstruções.

Segundo o secretário de Habitação, Homero Grec Cruz Sá, os projetos de moradia são mais demorados porque avaliam os casos individualmente. “Fora as casas que serão reconstruídas, temos que analisar cada caso para saber quais serviços precisam ser feitos”. Além disso, o secretário afirma que estão sendo analisados, entre outros fatores, tamanho, documentação e a propriedade de sete terrenos, chamados de “vazios urbanos”, para construção dessas casas. “Devemos ter uma definição nos próximos 20 a 30 dias”, estima.

Os imóveis serão construídos pelo programa do governo federal “Minha Casa, Minha Vida”, cujo valor máximo é fixado em R$ 61 mil por imóvel, de acordo com Homero Grec. No caso dos que desabaram e eram avaliados em valor superior, a Prefeitura vai arcar com ampliações na tentativa de aproximar, tanto em relação à estrutura quanto ao valor, a nova casa à que desabou.

Também amanhã a Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura (Semopi) apresentará os projetos definitivos referentes à drenagem e rede de esgoto definitivas e aos serviços para contenção. De acordo com o titular da pasta, Tomaz Pereira Neto, até a tarde de ontem não havia decisão sobre qual projeto de contenção seria levado, porque as três propostas entregues ao órgão foram consideradas “com preços elevados”. A secretaria também já tem os projetos de pavimentação, escadaria e distribuição da rede de água, mas que serão contemplados nas obras permanentes.

Tomaz Neto acrescenta que dos R$ 4,225 milhões estimados pela Semopi para as ações de resposta – mais imediatas que as definitivas –, foram disponibilizados, na semana passada, R$ 3,4 milhões pelo Ministério da Integração. “Não sei o que foi entendido como serviço permanente, ao invés de ação de resposta, e vamos conversar isso lá em Brasília”, disse.

As previsões foram apresentadas pelas autoridades locais ao governo federal há três semanas, acompanhados do presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, e do ministro da Previdência, Garibaldi Alves Filho.

Referente aos projetos definitivos, o secretário da Semopi conta que o MIN sugeriu que todos os serviços fossem reunidos em uma única proposta para se decidir em qual projeto, de qual Ministério – das Cidades ou da Integração –, se encaixa.

segunda-feira, 21 de julho de 2014

Prefeitura do Natal lança edital para preenchimento de 596 vagas de nível fundamental



Via Tribuna do Norte

A Prefeitura do Natal lançou hoje (21) o edital de concurso público para a contratação de agentes de saúde e endemias no Município. Ao todo, o Executivo espera preencher 331 vagas de agentes de saúde e 265 de agentes de endemias. As inscrições poderão ser feitas exclusivamente pela internet, através do site da Comperve, entre o dia 4 de agosto e 1º de setembro, ao custo de R$ 50. A prova será realizada no dia 21 de setembro.

Para disputar um dos cargos, o edital cobra a comprovação de que o candidato tenha concluído o nível fundamental. Para as funções, tanto de agente de saúde quanto de endemias, o salário previsto é 
R$ 1.027,21 o que corresponde ao vencimento básico, podendo ser acrescido de vantagens, benefícios e adicionais previstos na legislação. A carga de trabalho é de 40 horas semanais.

Para a realização da prova, que contém 40 questões objetivas (12 de português, 8 de informática e 20 de conhecimentos específicos), os candidatos terão 3 horas. A Comperve selecionará 2.384 candidatos que obtiverem maiores médias (desde que superior a 50% das questões da prova) para a realização do teste de capacitação física, com caráter eliminatório e classificatório. A prova terá flexões de braço, flexões abdominais e corrida, com a pontuação indo de acordo com o rendimento de cada um.

O edital completo está disponível no Diário Oficial do Município de hoje e estará disponível no site da Comperve nos próximos dias.

sexta-feira, 18 de julho de 2014

Cidade sede do Copa do Mundo, Natal tem forte influências católicas e norte-americanas



Chris Kudialis do jornal National Catholic Register

Localizada na costa nordeste do Brasil, a cidade de Natal é conhecida por suas praias de paisagem pictóricas, dunas de areia e, em 2014, pela realização de quatro jogos durante a Copa do Mundo.

Mas uma semana na cidade capital do Rio Grande do Norte revela uma herança católica única, e uma ligação com os Estados Unidos que vai muito além do futebol.

A tradução em Português para o ‘Christmas’ em inglês, Natal foi fundada em 25 de dezembro de 1599. Atualmente com quase 900.000 habitantes, a população de Natal é mais ou menos igual à de Austin, Texas, e é a 15ª cidade mais populosa do Brasil.

Visita do Papa
Em 1989, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil anunciou que o Papa João Paulo II estaria fazendo sua terceira viagem ao Brasil, dois anos depois, em outubro de 1991. Parando pela primeira vez em Natal, como parte de uma viagem apostólica de nove dias abrangendo 12 cidades brasileiras, o Santo Padre havia se programado para fechar o 12 º Congresso Eucarístico Nacional do país durante a sua visita.

Monsenhor Lucas Batista Neto, o então pastor da Igreja Santa Teresinha, foi escolhido para liderar a Comissão Pastoral da 12 º Congresso Eucarístico Nacional do Brasil. Uma personagem popular de televisão e de radio católica no Rio Grande do Norte, Monsenhor Batista realizou uma das responsabilidades mais exigentes do Congresso: preparar 600 mil habitantes de Natal para a visita papal.

"Havia um monte de trabalho a fazer em nossos bairros", Monsenhor Batista disse em uma entrevista. "Nós descobrimos que muitos católicos aqui realmente não sabiam muito sobre a fé. As pessoas não sabiam como orar, nem mesmo o Pai Nosso ou a Ave Maria. Eles eram incultos porque não participaram dos programas que tivemos em nossas igrejas”.

Durante os dois anos antes da visita do Papa João Paulo II, Monsenhor Batista e 13 subcomissões da Comissão Pastoral expandiu a presença da Igreja Católica em Natal. Com a ajuda de mais de 3.000 missionários visitantes, as igrejas em toda a Arquidiocese de Natal começaram a convidar os moradores católicos batizados para receber a Primeira Comunhão, participar de confissão e no sacramento da confirmação. A arquidiocese também escreveu cartas explicando as crenças da Igreja Católica e como receber o Santo Padre a cada uma das 178 mil residências da cidade.

Quando o Papa João Paulo II chegou em 12 de outubro de 1991, ele falou com vários milhares de espectadores no aeroporto de Natal, cumprimentou os outros na cidade de Praça da Concórdia e estabeleceu-se em um quarto humilde no Centro de Treinamento em Ponta Negra.

Enquanto ele ficou no alojamento no Centro de Treinamento, o Papa João Paulo II chamou a atenção dos sacerdotes assistentes por seu carisma e humildade.

"Ele não era exigente, e comeu tudo o que lhe servimos", escreveu Monsenhor Pedro Ferreira da Costa, 79, que era um dos anfitriões no Centro de Treinamento. "Ele era muito simple".

No dia seguinte, 13 de outubro, o Papa João Paulo II concluiu oficialmente o 12 º Congresso Eucarístico Nacional, com mais de 15.000 moradores de Natal, o estado Rio Grande do Norte e todo o Brasil em uma praça central que depois seria chamado Espaço de João Paulo II. A Missa foi o maior evento do Papa com o público durante seus dois dias na cidade.

Naquela tarde, o Santo Padre falou aos bispos brasileiros no centro de convenções da cidade e inaugurou, com uma bênção, a abertura de uma capela em baixo da catedral de Natal, Nossa Senhora da Apresentação.

Apesar de passados quase 23 anos desde a viagem apostólica do Papa João Paulo II para Natal, Monsenhor Batista diz que a presença do Santo Padre é uma memória viva para natalenses que tiveram a sorte de vê-lo.

"As pessoas aqui ficaram com uma impressão forte e falando a respeito da visita dele", o monsenhor disse. "Todo mundo estava analisando suas palavras, dizendo que viu o papa e que foram abençoados por ele. Ele trouxe vida nova aos católicos aqui".

Raízes Norte-Americanos
Como é a cidade sul-americano mais próxima da África, Natal tornou-se uma das várias cidades latinoamericanas direcionadas para a construção de um aeroporto norte-americano antes da Segunda Guerra Mundial. Procurando rotas para abastecer os britânicos, que, em 1939, estavam lutando na África do Norte, o Delos Emmons, tenente-general da Força Aérea dos EUA, foi atraído pela proximidade do Natal para o continente do meio.

Operando em segredo, o governo dos EUA financiou Pan American Airways, a maior companhia aérea do país no momento, para começar a construção de Parnamirim Air Field em Natal, que se tornaria a maior base dos EUA em terra estrangeira durante a Segunda Guerra Mundial.

Embora os EUA ainda não estivessem em guerra quando a construção do aeroporto começou em abril de 1941, tropas americanas ocuparam oficialmente Parnamirim apenas oito meses depois, logo após o ataque japonês a Pearl Harbor.

De dezembro de 1941 até o final da Segunda Guerra Mundial em 1945, cerca de 5.000 soldados norte-americanos da Marinha, do Exército e da Força Aérea ocupavam Parnamirim por dia, e até 7.000 a 8.000 soldados estavam mobilizados nos dias em que o mau tempo impediu de tropas voar para fora da base. Juntando-se com os norte-americanos, cerca de 1.000 soldados brasileiros se uniram com as forças aliadas após cortar laços diplomaticos com a Itália e a Alemanha em janeiro de 1942.

"Sem uma base aqui em Natal, não teria havido nenhum ponto de partida para a África", disse Fred Nicolau, um historiador de Natal e curador do Museu da Rampa Parnamirim. "Essa base ajudou a fazer a guerra acabar muito mais rápido”.

A base também serviu como um ponto de encontro para o presidente Franklin Roosevelt e o presidente brasileiro Getúlio Vargas em janeiro de 1943. Como resultado da reunião, cerca de 25.000 soldados brasileiros foram enviados para ajudar os esforços de terra aliadas na Itália no período de setembro de 1944 a maio de 1945.

"Politicamente, era muito importante para dois presidentes para combinar em Natal em vez de o Rio de Janeiro", disse Nicolau. "Foi uma declaração confirmando a importância de Natal na guerra".

A presença do exército dos EUA em Natal trouxe novos empregos, prosperidades e uma apreciação única para a cultura norte-americana por parte dos moradores da cidade. Como a construção de Parnamirim Field continuou durante a guerra, milhares de residentes em Natal foram utilizados para contribuir para a sua expansão constante. De 1942 até 1945, a população de Natal aumentou de 40.000 para 60.000 pessoas, porque muitos brasileiros se mudaram para a capital do Rio Grande do Norte na esperança de encontrar emprego.

"Foi um momento muito rico para o povo daqui", Nicolau explicou. "De repente, as pessoas tinham emprego, tinham dinheiro para gastar e eles começaram a comprar terras e construir casas. Suas vidas começaram a se desenvolver quando os americanos estavam aqui".

Natal também foi a primeira cidade brasileira a ser apresentada a Coca-Cola, Ray Ban óculos de sol, calça jeans, goma de mascar, hambúrgueres e batatas fritas, entre outros alimentos tradicionais americanos.

Embora esses traços culturais dos EUA agora sejam encontrados em todo o Brasil, Nicolau diz que o impacto do Tio Sam permanece especialmente forte em Natal, inclusive 70 anos mais tarde.

"O que você pode ver ainda hoje é o grande número de pessoas que têm nomes em inglês", ele disse. "Eu acho que a impressão que os soldados dos Estados Unidos deixaram na mente das pessoas foi muito positiva. As pessoas aqui queriam lembrar esses nomes porque amaram interagir com americanos que viveram em Natal".

JMJ e o Papa Francisco

Mais de 1.000 jovens da Arquidiocese de Natal assistiram Jornada Mundial da Juventude no Rio de Janeiro no último verão, incluindo 200 voluntários.

Daniely Barbosa, 30, foi um dos peregrinos da JMJ de Natal. A natelense é a Secretária do Setor Juventude no Arquidiocese de Natal e também trabalhou como Coordenadora de Voluntários Brasileiros para a JMJ 2011 em Madrid. Barbosa diz que os natalenses que partiparam na JMJ 2013 tornaram-se mais envolvidos, tanto na arquidiocese e quanto nas suas paróquias.

"Na JMJ, vivemos um novo encontro. Quase todo mundo estava assistindo pela primeira vez", ela disse. "E voltamos aqui mais inspirados para nossa caminhada da fé, prontos para dar força a outras pessoas de nossos grupos da igreja".

Questionados sobre o impacto de Papa Francisco e o catolicismo em Natal, tanto Barbosa e Monsenhor Batista testemunharam sobre o grande impacto do Santo Padre em trazer os jovens e adultos de volta à Igreja.

"Ele é aberto e acolhedor", disse Barbosa. "Pastoralmente, ele está ajudando as pessoas a se sentirem mais em casa".

"Ele é muito corajoso", Monsenhor Batista acresentou. "Eu, pessoalmente, ouvi muitos testemunhos de pessoas que estavam distante da Igreja, mas que agora estão retornando por causa do Papa Francisco".

quinta-feira, 17 de julho de 2014

Motoristas aprovam fluxo de trânsito após liberação de túnel da Mor Gouveia

Foto: Wellington Rocha



Liberado há pelos menos 24 horas, o túnel da Avenida Capitão Mor Gouveia, no bairro de Lagoa Nova, parte integrante do Complexo Viário de Natal foi aprovado pela maioria dos natalenses que disseram não sentir dificuldade em utilizar a obra de mobilidade.

A reportagem do portalnoar.com esteve no local, na tarde desta quarta-feira (16) e constatou um fluxo ainda contido de veículos. Em todo o percurso há sinalização horizontal e iluminação instalada. No entanto, a reportagem constatou a falta de placas com orientação de sentido e velocidade permitida.

A publicitária Ana Carina é uma das que aprovaram a liberação do túnel. Segundo ela, melhorou bastante, porque o fluxo ficou mais rápido e diminuiu os engarrafamentos que existiam naquela área. Essa foi a mesma impressão do petroleiro Augusto César, que elogiou a estrutura e disse ter ficado satisfeito com o resultado.

A contadora Gildete de Sousa disse que achou tudo muito tranquilo e que passou pelo túnel com tranquilidade, pois a sinalização estava bem colocada e bastante clara. “Pra mim está tudo bom, não vi nada que possa dizer que foi negativo. Está tudo muito bem organizado”, disse.

Mesmo com as facilidades encontradas nos acessos ao túnel, os motoristas precisam ficar atentos com as mudanças na Mor Gouveia. O fluxo que anteriormente era em mão dupla, agora está liberado apenas no sentido KM 6/Prudente de Morais. A entrada da direita de quem vem pela Prudente foi bloqueada e sinalizada para que não haja dúvidas por parte dos motoristas.

De acordo com o agente de trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob), Marco Túlio, o tráfego tem sido tranquilo no local e não tem havido muitas dúvidas por parte dos motoristas, mas garantiu que agentes estarão sempre no local para agir em caso de qualquer eventualidade.

terça-feira, 15 de julho de 2014

Semopi marca novo prazo e um túnel será entregue hoje no complexo viário

Estava marcada para esta terça-feira (15) a liberação do tráfego dos túneis da Avenida Capitão-Mor Gouveia e da Rua Raimundo Chaves sob a Av. Prudente de Morais. Contudo, apenas a primeira dessas obras será entregue nesta tarde.
O secretário adjunto de Obras Públicas e Infraestrutura de Natal, Caio Múcio, garante que até o final da tarde desta terça o túnel da Av. Capitão-Mor Gouveia estará liberado para o trânsito de veículos.
Segundo o secretário, o túnel da Rua Raimundo Chaves, em Candelária, que também seria liberado hoje, somente será entregue no próximo dia 21. O motivo é a necessidade de se fazer o capeamento asfáltico nessa via. “O túnel está pronto, mas precisamos asfaltar a rua e sinalizá-la antes de liberá-lo para o trânsito”.
Também estava marcada para o dia 21 a entrega do viaduto da marginal da Avenida Senador Salgado Filho. Porém, Caio Múcio informa que essa obra ficará pronta apenas no próximo dia 31. “O viaduto, em si, já está pronto. O que falta concluir são os acessos, cuja estrutura é de terra armada. Para a terra poder ser compactada, precisamos que não chova, pois atrapalha muito. Só então vamos asfaltar e sinalizar”.
Caio Múcio lembra que o prazo para a entrega de todas as obras do Complexo Viário Dom Eugênio Sales é 16 de setembro deste ano. “Adiantamos parte das obras por causa da Copa do Mundo, mas todas estão dentro do prazo”.